O enfermeiro acredita na capacidade de superação dos indivíduos frente as desavenças da vida, mesmo porque, existem evidências científicas que mostram a contribuição da saúde para a qualidade de vida das populações.

23
Jan 10

 

 

 

 

Lamentavelmente a indignação dos enfermeiros portugueses se generalizou.

São diversos os jornais, noticiários na TV e sites que fazem referência a situação actual desses profissionais.

Muitos enfermeiros resolveram sair do anonimato e de forma organizada e democrática procuram mostrar a sua insatisfação.

Muitas pessoas andam curiosas e fazem de tudo para incentiva-los e acaricia-los na tentativa de ajudar de alguma forma. Frente a revindicação honesta da classe, que já se arrasta a muito, se intensificaram os esforços na procura de uma solução.

Os sindicatos estão a trabalhar arduamente para que estes técnicos, já tão penalizados, não sejam ainda mais prejudicados.

A Ordem dos enfermeiros segue com muita atenção os acontecimentos e já se manifestou e apelou para o "bom senso", pois não vai tolerar qualquer tipo de desrespeito ou ofensa para com a profissão.

Para quem não sabe, esses técnicos são muito sensíveis a injustiças, diferenças e desigualdades, pois, entre outros valores, observam a igualdade, respeito com o próximo, liberdade responsável, verdade, inclusão, solidariedade e a justiça social.

Sentem-se injustiçados face as contradições impostas que os diferenciam dos restantes licenciados da administração pública. É importante lembrar que o tratamento desigual implica privação e provoca irritabilidade, fadiga, falta de estímulo, ansiedade, entre outros muitos agravos.

Os enfermeiros estão perplexos com o “descaso” dos decisores políticos para com as suas revindicações, pois acreditam, acertadamente, que "pensar saúde" deve incluir todas às pessoas e contemplar a equidade, solidariedade e a participação. O que inclui tratamento igual para todos os profissionais de saúde. Frente as diversas tentativas falhadas por parte destes decisores, apela-se para que estes reflictam e mudem suas posições.


Não gostou da tradução?
Fique esperta(o). Estás na Enfermagem Aberta
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28
29
30

31


Responda por favor

Você acha que os enfermeiros deveriam estar legalmente autorizados a prescrever medicamentos?
Sim
Não
Só os especialistas
Resultado
Comentários recentes
A MOVING PEOPLE PORTUGAL RECRUTA DE MOMENTO:- ENFE...
parabens fiquei emocionada com o video, continuem ...
O grande problema é que na prática grande parte do...
C1GriK <a href=\"http://ueuhhdbkvljj.com/...
otimo texto...
muito bom seu artigo, esta de parabens.
A pratica da prescricao por Enfermeiros ja existe ...
Sou um acérrimo defensor da prescrição farmacológi...
Olá Enfermagem Aberta!Gostei muito do artigo.Parab...
Olá Enfermagem Aberta!A Enfermagem do Trabalho é u...
tags

todas as tags


Mais sobre o autor
blogs SAPO